Notícias

Educação em luta na ALMG neste terceiro dia de greve por tempo indeterminado

  • 13/02/2020


Trabalhadores e trabalhadoras em educação de Minas Gerais, sob coordenação do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), acompanham nesta quinta-feira (13/2/20), manhã e tarde, as atividades na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

Pela manhã, o objetivo é acompanhar esclarecimentos que serão prestados pela Secretaria de Estado da Fazenda sobre a obrigatoriedade do Estado investir 25% da receita corrente líquida em Educação.

A direção estadual do Sindicato afirmou hoje à imprensa que a categoria está a muito tempo sacrificada e cobra o cumprimento do governo do Estado da Lei Estadual de 2015, das Constituições Federal e Estadual em relação ao Piso Salarial Profissional Nacional. “Estamos sacrificados pelo parcelamento do salário. Estamos sacrificados pela ausência de pagamento do 13º para 25% da nossa categoria. Estamos sacrificados pelo desemprego estrutural que a política educacional do governo Zema tem nos imposto desde o ano de 2019. Então a educação já deu a sua cota de sacrifícios ao governo do estado”, afirma a coordenadora-geral do Sind-UTE/MG, Denise Romano.

A atividade da manhã desta quinta-feira acontece na Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, presidida pela deputada estadual Beatriz Cerqueira.

FotoStudium/Sind-UTE/MG

13/02/2020 – 3º dia de greve dos trabalhadores da educação

No terceiro dia de greve, trabalhadores e trabalhadoras da educação se mobilizam para cobrar o Piso Salarial na Audiência pública da Assembleia Legislativa.

13/02/2020 – “Queremos que o dinheiro da educação chegue até a educação”, afirma deputada estadual Beatriz Cerqueira 

No terceiro dia de greve,  a deputada estadual Beatriz Cerqueira criticou: “o governo não paga quase 30% da educação o seu 13º salário, tem gente que não recebeu nenhum centavo do 13º salário, nós estamos caminhando para março e o governo não fala nada e ainda vai à imprensa pedir sacrifício para a educação.”

13/02/2020 – Denise Romano, coordenadora-geral do Sind-UTE/MG

“Queremos saber como o governo conseguiu a proeza de investir os 25% na educação, no ano passado, triplicando o investimento nos meses de novembro e dezembro, sendo que nossa categoria não recebeu o 13º integral”, afirma Denise Romano.

13/02/2020 – “Parlamento é lugar de pluralidade é o lugar do debate”, afirma deputada estadual Beatriz Cerqueira

No terceiro dia de greve dos trabalhadores da educação, a deputada estadual Beatriz Cerqueira afirma que o “Parlamento é lugar de pluralidade é o lugar do debate, não é o lugar de tentar amordaçar alguém que tenta fazer a representação de 70% do funcionalismo, que o governador do Estado esqueceu e excluiu de toda a discussão da sua politica remuneratória.”

13/02/2020 – Trabalhadores e trabalhadoras da educação

No terceiro dia de greve, os trabalhadores e trabalhadoras da educação protestam na ALMG: “Não adianta ameaçar, a educação vai lutar!”

ImagemStudium/Sind-UTE/MG