Notícias

Participe – Tenda educativa e informativa da Consciência Negra em Divinópolis

  • 14/11/2019


Os desafios para uma educação antirracismo não pode ficar apenas no interior da escola. Os 16 anos da lei 10.639/03, uma lei educacional antirracista e a primeira assinada pelo ex- presidente Lula em seu primeiro mandato, consiste na retomada pelas demandas históricas do movimento negro e precisa ser discutida pela população.

Dialogar com a população sobre o retrocesso na educação, no abolicionismo em curso, políticas pela promoção da igualdade racial, luta antirracista contra o pacote anticrime de Sérgio Moro, que pode aumentar encarceramento de negros, confirma o papel central do movimento na resistência à política conservadora do governo Bolsonaro.

A luta por leis que versem sobre o negro e o indígena na educação não é apenas pela inclusão, mas também pela revisão da história afro-brasileira e indígena do ponto de vista deles próprios, objetivando o combate ao racismo no sistema educacional vigente. Reconhecer a história e a cultura destes povos, sob uma ótica que não seja a do opressor, é reconhecer plenamente suas humanidades.

Nesse sentido, o Sind-UTE/MG convida toda a categoria para participar da tenda educativa e informativa da Consciência Negra, que acontece entre os dias 18 e 20 de novembro, em Divinópolis.

Vamos panfletar material educativo em consonância com a conjuntura perversa tanto do governo federal, quanto do governo Zema.

Em pauta também o significado do dia 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra.

E na tenda, haverá uma pesquisa para que a população possa nos ajudar a confirmar o Mito da Democracia Racial