Notícias

Veja no Programa Outras Palavras que será veiculado no próximo dia 29 de setembro de 2018

  • 28/09/2018


Guerra política ditada pelo capital

Durante Conselho Geral do Sind-UTE/MG, realizado no dia 18 de julho de 2018, em Belo Horizonte, Joceli Andrioli, do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), voltou a falar da conjuntura atual e pautou os principais desafios da luta coletiva. Ele falou da luta ideológica, que nos últimos anos tem sido pautada pelos interesses da classe dominante, da luta institucional fortalecida pela lógica do capital e da luta de massas, que se concretiza pela pressão popular. Também disse que o golpe dado fere a democracia e enfraquece a economia e que tudo isso tem a ver também com a guerra política ditada pelo capital internacional.


Só a luta garante direitos!

A professora de Campo Belo, Marília Garcia, afirma que só a luta garante direitos. Para ela, a principal reivindicação da categoria – o Piso Salarial – significa um grande avanço, mas, é preciso continuar a luta por melhores condições e trabalho e de salário. Defende mais investimento na educação para que o/a professor/a possa investir em formação.


Impactos da Reforma Antitrabalhista

Dados estatísticos mostram que cerca de 28 milhões de pessoas hoje no Brasil estão fora do mercado de trabalho ou em situações laborais muito precárias. O economista e técnico do Dieese na Subseção da CUT Minas, Frederico Melo, explicou durante o Encontro de Aposentados e Aposentadas promovido pelo Sind-UTE/MG, em Caeté, o que a Reforma Antitrabalhista representa. Também ressaltou que a terceirização irrestrita e a Reforma Trabalhista trazem vários prejuízos à classe trabalhadora.


É preciso ligar o sinal de alerta!

A professora de Ética e de Responsabilidade Social pela Fundação Dom Cabral, Maria Flávia Bastos, durante Encontro Estadual de Aposentados e Aposentadas do Sind-UTE/MG falou de solidariedade e fez alertas sobre a vida real e o mundo ilusório que, muitas vezes, a mídia e as redes sociais passam. De acordo com ela, o mundo tem contribuído para que as pessoas caiam nessas armadilhas, pois, tudo parece muito fácil e isso também é perigoso.


Justiça só para eles!

Auxílio-moradia, aumento de 16% aprovado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e que provavelmente alcançará, num efeito cascata, todos os magistrados do país (juízes e desembargadores), reformas que retiram direitos da classe trabalhadora e a terceirização no Tribunal de Contas de Minas Gerais. Tudo isso, abordamos com a presidenta do Sindicato dos Servidores da Justiça de Primeira Instância do Estado de Minas Gerais (Serjusmig), Sandra Silvestrini, no Programa Roda de Conversa.


Outras Palavras temporariamente em novo horário

O programa Outras palavras está em novo horário.

Até o dia 4 de outubro de 2018, devido ao 1º turno das eleições, o Programa será exibido das 10h:26 às 11h:06, na TV Band Minas, TV Candidés e na TV Band Triângulo. Contamos com sua audiência!


O programa “Outras Palavras” é uma produção do Sind-UTE/MG e é veiculado aos sábados, das 10:26 ÀS 11:06, nas TV’s TV Band Minas (em todo o Estado), Candidés (Divinópolis e Região) e na TV Band Triângulo.