Notícias

30/6 às 9h – Sind-UTE/MG realiza ato na porta da ALMG durante o Assembleia Fiscaliza com a SEE/MG, denuncia a falta de condições sanitárias para o retorno presencial e a morte de centenas de educadores/as com a pandemia

  • 30/06/2021


Nesta quarta-feira (30/6/2021), às 9h, o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) realiza um ato porta da Assembleia Legislativa em defesa da vida, denuncia a falta de condições sanitárias para o retorno presencial seguro e faz uma homenagem às centenas de educadores/as que se foram com a pandemia.

No mesmo horário acontece uma reunião do Assembleia Fiscaliza com a SEE/MG – Secretaria de Estado de Educação, quando serão prestadas contas sobre a atuação no combate à pandemia de Covid-19 e mitigação de seus impactos, bem como, sobre o planejamento para a retomada das atividades rotineiras.

O Sind-UTE/MG denuncia também a lentidão na vacinação dos/as profissionais da Educação e da população no estado. De acordo com dados da própria SES/MG – Secretaria de Estado de Saúde, Minas Gerais já ultrapassou as 45 mil mortes pela Covid-19 e, só no dia 29/6/2021, foram 6.337 novas contaminações em apenas 24h.

Diante dessa situação crítica de contaminação e mortes, o Sind-UTE/MG reivindica com o ato a suspensão do retorno presencial na Rede Estadual, rapidez no processo de vacinação e o cumprimento com a execução dos recursos da Educação.

O governo do Estado descumpre a obrigação constitucional de investir 25% da receita corrente líquida em Educação desde o início da gestão, e o valor não investido chega a mais de R$ 7 bilhões.

Fotos: Gill de Carvalho – Sind-UTE/MG