Notícias

Encontro Internacional sobre Educação Pública, Democracia e Resistências será aberto dia 7/7, em Belo Horizonte, com mais de 500 participantes

  • 06/07/2016


O Encontro Pedagógico Latinoamericano sobre Educação Pública, Democracia e Resistências, que será realizado em Belo Horizonte, dias 7 e 8 de junho, no Dayreel Hotel, à Rua Espírito Santo, 901 – Centro, Belo Horizonte, terá a participação de lideranças docentes do Brasil, Honduras, Argentina, Paraguai, Venezuela e México.

O Encontro é realizado em parceria entre a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), o  Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) e a Internacional da Educação para a América Latina (IEAL)  e será a primeira experiência regional no Brasil.

Segundo o Sind-UTE/MG, o objetivo do encontro é envolver trabalhadores e trabalhadoras em educação da rede estadual e das redes municipais filiadas ao Sindicato. Ainda de acordo com a direção da entidade, é momento oportuno para conhecermos experiências dos povos latinoamericanos que enfrentaram golpes de estado, governos neoliberais, debater as consequências de dos golpes para a educação e como em outros países os profissionais da educação articularam e articulam resistências.

Já estão confirmados/as cerca de 500 trabalhadores/as em educação da rede pública, que participarão das atividades entre rede estadual e redes municipais filiadas ao Sind-UTE/MG.

PROGRAMAÇÃO

07 de julho (quinta-feira)

Mesas de Debate

09h00: Abertura

10h00: Conferência de Abertura: Educação Pública, Democracia e Resistências

 Nilma Lino Gomes, Ministra das Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos no Governo da Presidenta Dilma Rousseff

14h00: Golpe de Estado e Consequências para o Povo

Convidados: Elías Muñoz Varela, Presidente do Colprosumah, Honduras

Juan Gabriel Spinola, Secretário Geral Otep-Autêntica, Paraguai

16h00: A Unificação das Lutas no Governo Macri

Convidado: Miguel Duhalde, Secretário de Educação CTERA, Argentina

17h30: Lançamento do livro “Curuguaty: Carnificina para um golpe”, Leonardo Severo

08 de julho (sexta-feira)

Mesas de Debate

08h30: Resistência e Luta da Educação no México

Convidados: Profª. DrªGabriela Vasquez, Programa de Pós-Graduação de Estudos Latino-americamos – UACM

osé Antônio Altamirano Ojida, professor de Oaxaca

10h30: Resistência e Luta na Venezuela

Convidado: José Humberto Guariguata Osorio, Diretor Geral de Investigação e Formação do Ministério do Poder Popular para a Educação na Venezuela

14h00: Lançamento do Livro A Resistência ao Golpe de 2016

15h00: O Papel da Educação e dos Educadores e educadoras na Resistência Democrática

Convidado: Prof. Dr. Gaudêncio Frigotto, Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ

17h00: Carta de Minas Gerais do Movimento Pedagógico Latino-americano e Ato Fora Temer

Cartaz Brasil-02