Sala de Imprensa



Assembleia Estadual dos Trabalhadores e Trabalhadoras em educação de Minas Gerais

Pela manhã, durante Conselho Geral, o Comando de Greve votou um extenso calendário de lutas, que será apreciado e votado na assembleia...

Download do arquivo

Os trabalhadores e as trabalhadoras em educação de Minas Gerais estarão reunidos agora à tarde, no Pátio da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Desta assembleia estadual, a categoria define os rumos do movimento.

 

Desde o dia 15 de março, os/as educadores/as estão em greve por tempo indeterminado, atendendo a uma convocação da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Aqui em Minas Gerais, além de uma posição contra a reforma da previdência, pelo pagamento do Piso, a categoria também cobra do governo do Estado que cumpra os acordos assinados.

 

Pela manhã, durante Conselho Geral, o Comando de Greve votou um extenso calendário de lutas, que será apreciado e votado na assembleia estadual.

 

Logo após a assembleia, os/as educadores/as participam de um ato público contra a reforma da previdência promovido pelo Sind-UTE/MG, Sinpro Minas, Sindifes e Andes.

 

 

crédito: Lidyane Ponciano/Sind-UTE/MG