Sala de Imprensa



Informe Sind-UTE/MG sobre o Adicional de Valorização da Educação Básica (Adveb)

Nesta quinta-feira, dia 21 de setembro, foi publicado no Diário Oficial do Estado o Decreto nº 47.258. Ele dispõe sobre a concessão do Adici

Download do arquivo

Nesta quinta-feira, dia 21 de setembro, foi publicado no Diário Oficial do Estado o Decreto nº 47.258. Ele dispõe sobre a concessão do Adicional de Valorização  da Educação Básica (Adveb). O conteúdo do decreto está sendo analisado pela direção do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) uma vez que seu conteúdo não foi previamente debatido com a entidade.

 

Caso encontre alguma distorção em relação ao que foi negociado em 2015, o Sindicato encaminhará questionamento ao governo do estado para imediata solução.

 

Segundo o governo, este procedimento foi necessário para regulamentar o pagamento do Adicional. Também será necessária a publicação da lista de todos os servidores e servidoras que adquiriram o direito de receber este Adicional. A publicação da lista de nomes deve ser feita, de acordo com Secretaria de Governo, no dia 23 de setembro. Ainda de acordo com novas informações da mesma Secretaria, o pagamento do Adicional que estava confirmado para o dia 21 de setembro será feito até o dia 27 de setembro, quando acontece a terceira escala de pagamento.

 

A direção do Sindicato acompanhou e cobrou o imediato pagamento do Adicional desde que a foi promulgada a Emenda à Constituição do Estado que autorizou o mesmo. Monitoramos a folha de pagamento e, a cada momento que identificamos a ausência do pagamento do Adicional, a entidade novamente buscou interlocução com representantes do governo para resolver a questão.

 

O Adicional é devido desde janeiro de 2017, tendo aí mais um passivo de direitos que o governo deve à educação. Da mesma forma, o Sindicato tem cobrado o envio do projeto de lei do reajuste do Piso Salarial de 7,64%. Uma reunião de negociação estava marcada para o dia 11 de setembro, mas foi cancelada pelo governo com o argumento de aguardar a publicação  do relatório de gestão fiscal.

 

Reunião com o  governo

 

Nova reunião foi agendada para o dia 29 de setembro, e o Sind-UTE/MG espera ter respostas concretas sobre o reajuste do Piso, os atrasados e retroativos, edital do novo concurso, projeto de lei que prorroga as licenças médicas da Lei Complementar 138/16, retomada das negociações das demandas específicas dos servidores das Superintendências Regionais de Ensino (SREs) e Órgão Central, cancelamento do edital de Parceria Público Privada na educação, negociação da pauta de reivindicações, que não aconteceu ainda em 2017.

 

De acordo com a direção do Sindicato, para pressionar o governo pelo cumprimento integral dos acordos assinados estão sendo realizas atividades durante os fóruns regionais. Já foram realizadas manifestações em Betim, Araguari, Papagaios Frutal e em todas as agendas públicas do governo estaremos presentes até que nossos acordos sejam integralmente cumpridos!