Sala de Imprensa



Mobilização em Ribeirão das Neves

Os trabalhadores e trabalhadoras em educação, sob coordenação do Sind-UTE/MG, Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais, reali

Download do arquivo

Os trabalhadores e trabalhadoras em educação, sob coordenação do Sind-UTE/MG, Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais, realizam agora pela manhã (25/08) um ato público em Ribeirão das Neves para repudiar a decisão da Prefeitura Municipal que iniciou esta semana o corte de professores eventuais, que são aqueles que fazem a substituição dos professores regentes em caso de faltas ou afastamento médico. Setenta escolas no município serão afetadas.

 

Foi publicado no dia 17 de agosto de 2017, o Decreto nº 129/2017 do prefeito Junynho Martins que determinou a revogação do art. 4° da Resolução nº 01/2017, extinguindo diversos cargos de professores eventuais, dificultando ainda mais a rotina interna nas escolas e o atendimento efetivo dos alunos.

 

Segundo a direção do Sind-UTE/MG, a decisão da prefeitura vai afetar diretamente e comprometer o funcionamento das escolas. O Sindicato repudia essa ação do governo e cobra outras saídas.

 

Neste momento, os/as educadores/as fazem ato de protesto, com caminhada rumo a prefeitura de Ribeirão das Neves.

 

WhatsApp-Image-2017-08-25-at-09-36-43

 

WhatsApp-Image-2017-08-25-at-09-36-43-1

 

WhatsApp-Image-2017-08-25-at-09-42-18

 

WhatsApp-Image-2017-08-25-at-09-42-16

 

WhatsApp-Image-2017-08-25-at-09-36-47-1

 

WhatsApp-Image-2017-08-25-at-09-36-47

 

WhatsApp-Image-2017-08-25-at-09-36-46

 

WhatsApp-Image-2017-08-25-at-09-36-44

 

Fotos: Jéssica Souza – Sind-UTE/MG