Sala de Imprensa



Trabalhadores em educação de Betim fazem redução de módulo nessa quinta-feira (10/03)

Ato público e panfletagem em frente Uai Alterosa

Download do arquivo

Ato público e panfletagem em frente Uai Alterosa

O Sind-UTE Subsede Betim realiza nessa quinta-feira (10/03), ato público seguido de panfletagem, em atividade que terá início às 9h:30, no período da manhã, e às 15h:30 à tarde. A concentração será em frente ao Uai Alterosa, na Av. Campo de Ourique, 520, no bairro Jardim Alterosa.

 

Segundo o coordenador-geral da Subsede Betim, Luiz Fernando de Souza Oliveira, neste dia, haverá redução de módulo nas escolas e CIM´s em todos os turnos. A categoria tem feito diversas atividades para denunciar o descaso do poder público local para com a educação no município.

 

Há denúncias que vão desde escolas com infraestrutura precária, passando pela falta de repasse de recursos para o caixa escolar, atraso do pagamento do Piso Salarial, desde janeiro de 2015, a não implantação de isonomia para professores, até a merenda insuficiente para os alunos.

 

“Em contrapartida não faltam recursos para a prefeitura contratar e fazer a folha de pagamento dos secretários e demais cargos comissionados. “Pasmem! Enquanto um Agente de Serviço Escolar em início de carreira ganha apenas R$ 727,24, menos que o mínimo nacional, temos informações de que um Secretário em Betim percebeu no mês de fevereiro até R$ 27 mil reais”, afirma Luiz Fernando.

 

A Secretaria fez ainda, durante o ano de 2015, saques da conta do FUNDEB (recursos que deveriam financiar a educação municipal) sem explicações, para o Conselho de Fiscalização desses recursos, da ordem de R$ 18 milhões, creditando-os na conta geral da Prefeitura e deixando de realizar os repasses aos caixas escolares das unidades educacionais. Tal fato acabou gerando a reprovação, pelo terceiro ano consecutivo, das contas da educação.

 

O Sindicato denuncia ainda que a crise só tem chegado mesmo é para a educação e outros serviços essenciais à população mais carente.  Por outro lado, a Câmara de Vereadores de Betim também dá exemplos do quão distante estão discurso e prática.  O legislativo municipal tem ganhado, ultimamente, manchetes na mídia com o escândalo dos vereadores que gastam cerca de R$ 4 mil por mês só com gasolina.

 

Contra tudo isso e pela garantia de seus direitos, é que os trabalhadores e as trabalhadoras em educação da rede municipal aprovaram um extenso calendário de organização e de mobilizações.

 

Serviço:

Dia: 10/03

Horário: 9h:30 às 11: 00 e 15h:30 às 17h

Assunto: Ato público seguido de panfletagem

Local: Em frente ao Uai Alterosa, na Av. Campo de Ourique, 520, no bairro Jardim Alterosa.

 

Obs.: Mais informações: (31) 99680652 (Ascom) +  996966614 (Luiz Fernando)